Close

Educação 4.0: fundamentos teórico-tecnológicos para inovação

Educação 4.0: histórico, conceitos e fundamentos.

O modelo teórico-tecnológico da Educação 4.0 foi concebido pelo Prof. Dr. Cassiano Zeferino de Carvalho Neto, como decorrência de estudos iniciados no final da década de 1970, voltados a promover modelagens teóricas para a Educação.

Livros de autoria do Professor Cassiano Zeferino, como ‘E agora, Professor?’ (1997), ‘Física Vivencial’ (1998), ‘Por onde anda a Educação? (2003), ‘Uma nova cultura docente’ (2004), ‘Por uma escola Inteligente’(2006),’ ‘Educação Digital’ (2012) e ‘Educação Profissional Continuada’ (2016) vêm alertando para as crises pelas quais passou e passa a Educação e cujas possíveis soluções fundamentadas em paradigmas que não respondem mais aos anseios e necessidades de cada época, provocam respostas aquém das necessidades de atendimento que as escolas e os sistemas de ensino público e privado precisam oferecer à sociedade.

No decorrer deste percurso que passa por projetos realizados em instituições públicas e privadas, instâncias governamentais e escolas da educação superior e básica, o autor da ‘Educação 4.0’ teve a oportunidade de realizar e aprofundar pesquisas em segmentos que passam pela Educação Científica e Tecnológica, Engenharia e Gestão do Conhecimento, Pedagogia, Física e Ciências da Aprendizagem. ´

Em 2017, pela Laborciencia editora, o Professor Cassiano elabora e finaliza o manuscrito ‘Educação 4.0: princípios e práticas de inovação em gestão e docência’ cujo lançamento nacional em formato de livro está previsto para acontecer em maio próximo (2018). O livro traz os fundamentos teórico-tecnológicos que sustentam o modelo de Educação 4.0, enfatizando as possibilidades de autoria de planos estratégicos e percursos formativos realizados, respectivamente, por gestores e educadores.

Para além de um modismo que situa a Educação 4.0 no contexto do nascimento da chamada Indústria 4.0, ou Manufatura Avançada, a obra do Professor Cassiano traz elementos fundamentais para propiciar a criação de planos de inovação sustentável para as escolas da educação básica e superior, valorizando o potencial das pessoas envolvidas nos processos de gestão da educação.

Os pilares que sustentam o modelo teórico-tecnológico da ‘Educação 4.0’ fundamentam-se no Modelo Sistêmico de Educação (MSE), Educação Científica e Tecnológica (ECT), Engenharia e Gestão do Conhecimento (EGC) e Ciberarquitetura (CBQ), além de incluir uma análise de proposições a respeito do problema fundamental da educação (Como as pessoas aprendem?), apresentando aprofundamento nas chamadas metodologias ativas como o PLL (Project-Led Learning), PBL (Problem Basic Learning), BL (Blended Learning), FC (Flipped Classroom), VMM (Vivential Management Metodology) e outras.

https://4educa.com.br/ 

Referências

CARVALHO NETO, C. Z. Educação 4.0: princípios e práticas de inovação em gestão e docência. São Paulo: Laborciencia editora, 2018.

_________________. E agora, professor? São Paulo: Laborciencia editora, 1997.

_________________. “Espaços ciberarquitetônicos e a integração de mídias por meio de técnicas derivadas de tecnologias dedicadas à educação“. Dissertação de Mestrado defendida perante o Programa de Pós-Graduação em Educação Científica e Tecnológica, Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Florianópolis, 2006.

_________________. et all. Física vivencial, uma aventura do conhecimento. São Paulo/Brasília: Instituto Galileo Galilei para a Educação/Ministério da Educação (MEC), 2010.

_________________. Por onde anda a educação? São Paulo: ABC Educatio, 2003.

_________________. et all. Uma nova cultura docente. São Paulo: Laborciencia editora, 2004.

_________________. Por uma escola inteligente. São Paulo: Instituto Galileo Galilei para a Educação, 2006.

_________________. Educação Digital. São Paulo: Laborciencia editora, 2012. DVD

_________________. Educação Profissional Continuada. São Paulo: Laborciencia editora, 2016.